Saiba mais sobre o uso de cookies

ATENÇÃO ! Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

As pessoas com doença mental são VÍTIMAS ou PROPENSAS à violência???? Equívocos?

As pessoas com doença mental são VÍTIMAS ou PROPENSAS à violência???? Equívocos?
13:32:16 22-08-2015 Sentido de Si Blogue

Descrição

A notícia de 20/08/2015, de autoria de Rob Whitley, da Montreal Gazette realça que há uma crença popular de que as pessoas com doença mental são propensos à violência, mas, como muitas coisas na vida, a realidade é realmente muito diferente da percepção... É destacado o facto desta ideia ser reforçada por filmes tais como «Psyco», entre outros, pela cobertura dos média que destacam os crimes «violentos» cometidos pelas pessoas com doença mental o que gera a ideia de que as pessoas com doença mental são perigosas e devem ser evitadas.

A verdade é que já vários estudos científicos demonstraram que não há nenhuma relação entre doença mental e violência, refere o autor. Acrescenta Rob que alguns estudos demonstram um ligeiro aumento nas taxas de violência  nas pessoas com doença mental, mas principalmente nas sem tratamento e, envolvidas em consumo de substâncias. Em geral, a literatura científica sugere que o risco de violência por parte de pessoas com doença mental é muito baixa, e não muito superior do que para os outros.

E QUANDO É O CONTRÁRIO?

Um fato geralmente esquecido é que as pessoas com doença mental, muitas vezes, são vítimas de crime e violência. Um estudo publicado no Archives of General Psychiatry indicou que as pessoas com uma doença mental grave são vítimas de violência numa proporção de 11 vezes mais do que a população em geral. Portanto, as pessoas com doença mental são muito mais propensos a serem vítimas, do que agressoras.

 

Em forma de síntese, neste artigo de opinião, Rob refere que a crença popular de que as pessoas com doença mental são, inerentemente, propensas à violência impede a sua plena integração e recuperação.

Rob Whitley é o investigador principal do Psychiatry Research e do Social Psychiatry Research and Interest Group (SPRING) no Douglas Hospital Research Centre. Também é professor assistente no Departamento de Psiquiatria da Universidade McGill.


Tags:

Partilhar


Comentários

Assine a Newsletter e junte-se a nós!

Ajude-nos a encaixar as peças!

Divulgue connosco

Divulgue aqui

Rede de Parceiros

  • InvoiceXpress
    ACEGIS
  • Freguesia de Mafamude e Vilar do Paraíso
    GoUpBuzZ.com
  • Mafalda Palolo
    Banco de Inovação Social